• (14) 3452.1649
  • pastor@pibpompeia.com.br

Declaração de Missão da PIB

Declaração de Missão da PIB

Esta é a nossa declaração de Missão: “Fazer discípulos que adoram a Deus, edificam os salvos e evangelizam os perdidos, por meio de discípulos e famílias sensíveis ao Espírito Santo, em Pompéia até os confins da terra.” Vamos analisa-la brevemente:

Fazer discípulos…Iniciamos a declaração com um forte verbo de ação, foi Jesus que deu essa ordem na Grande Comissão. Fazer não é simplesmente transmitir conhecimento, formar um estudante, não, é muito mais do que isso. Fazer é ensinar com a vida, com as ações e reações, com o ensino e estilo de vida. Isto, significa que, a nossa prioridade está no discipulado progressivo, e, não somente, no capacitador. Na PIB o ensino da Sã Doutrina prioriza o discipulado progressivo.

…que adoram a Deus, edificam os salvos e evangelizam os perdidos,… sabemos a qualidade de discípulos que queremos fazer em nossa igreja. São discípulos que vivenciam os propósitos de Deus em sua vida, em sua família e na sociedade. Verifique nos boletins de Abril (www.pibpompeia.com.br) a conceituação desses propósitos.

…por meio de discípulos e famílias sensíveis ao Espírito Santo,…  Como faremos tudo isso? Por meio de pessoas e famílias. A nossa macroestratégia é utilizar a família na missão de fazer discípulos. Somos uma igreja que pensa na família e trabalha em prol da transformação da família. Não somente o crente deve ser sensível ao Espírito Santo, mas a família toda. Não queremos a salvação somente do indivíduo, mas de toda a sua família. E a família toda deve ser convertida ao Senhor Jesus.

…em Pompéia até os confins da terra.”Encerramos a declaração de Missão afirmando o nosso campo de atuação. Pompéia é o início, os confins da terra são os limites. Aonde quer que estejamos precisamos ser essa Igreja que cumpra esta Missão por meio de pessoas e famílias que estão seguindo a Jesus. Sejamos uma igreja sensível a voz e o mover do Espírito de Deus, e que faça discípulos de Jesus.

Juntos Somos Mais, Pr. Rodrigo Odney

pib_admin